Cargando...

Sabedoria de torcedor

Sabedoria de torcedor

Sabedoria de torcedor

POR MLAGATTO

Quando uma equipe joga bem e acumula triunfos, os jogadores, muito naturalmente, reivindicam para si os méritos da boa campanha. Para fazer justiça, então, quando tudo dá errado e as derrotas se sucedem, deveriam reconhecer que tal situação só pode ser culpa sua e de mais ninguém.

Ou seja, os jogadores não podem querer os elogios quando tudo vai bem, e não aceitar as críticas quando tudo vai mal. Nenhum jogador tem o direito de se ofender quando recebe as críticas – cada vez mais ácidas e diretas – que o plantel de River vem recebendo ultimamente.

O torcedor pode ser cruel quando despede o time cantando “Orteeega”, mas os jogadores não têm o direito de reclamar. Está em suas mãos, ou melhor, em seus pés, fazer com que o torcedor esqueça os ídolos do passado e passe a vibrar com os atuais. Se isso não acontece é exclusivamente culpa deles.

Jogadores e DT devem saber que são os únicos responsáveis de esta péssima fase de River. Mesmo quando, em entrevistas e declarações, intentem se desculpar, não é possível esconder a verdade: são os jogadores que saem em campo, perdem os gols, e permitem os gols adversários.

Quando River vira heroicamente o jogo e ganha 4x2 do Botafogo com 9 homens, depois de estar perdendo 2x1, o mérito é dos jogadores. Da mesma forma, quando River ganha 2x0 e, com um homem a mais, permite que San Lorenzo empate e o elimine da Libertadores, a responsabilidade é igualmente dos jogadores.

Ao torcedor só cabe alentar a equipe das arquibancadas, lá longe, depois das pistas de atletismo. Por muito que a torcida cante, porém, nunca conseguirá converter nem evitar um gol. Isso é tarefa exclusiva dos que estão lá embaixo no campo.

O torcedor riverplatense está muito cabreiro e com razão. São muitos anos de frustrações internacionais. As expectativas se renovam com cada participação na Libertadores e na Sulamericana mas, a pouco de começar, o time não faz jus à confiança depositada pelo torcedor e acaba eliminado.

O que o riverplatense quer é um time que corresponda ao alento que recebe, assim de simples, e não um que devolva apenas tristezas e frustrações como agora.

Por isso, senhores, a jogar mais e falar menos à imprensa. Façam um pacto de silêncio até as coisas começarem a sair bem novamente. Falem apenas entre vocês.

Não continuem brincando com a paciência do torcedor riverplatense, que já está se esgotando.


Últimos videos

Comentarios


Agreganos a favoritos Cerrar
Agreganos a favoritos Cerrar