Cargando...

Coisas do futebol

Coisas do futebol

Coisas do futebol

POR MLAGATTO

A polêmica parece estar no código genético riverplatense. Nem acabamos de festejar direito o 33ro. campeonato (muitos, não?) e eis que surge um novo conflito, desta vez envolvendo Simeone e Ortega. Como precisava entender o que estava se passando, acabei perdendo tempo lendo (e ouvindo) as declarações de um e outro. É lamentável que alguém como Ortega, ídolo de River, tenha uma postura tão pouco profissional. Mas não é a primeira vez que ocorre. Trata-se da tal “máquina de moer carne” de que eu falava em entrega anterior.

Ortega é jogador muito talentoso dentro de campo, mas pouco inteligente fora das quatro linhas. Fosse um pouco mais esperto, não se meteria em confusões agora que está em fim de carreira. Com seus problemas pessoais, o Burrito tumultua a vida da equipe e, ademais, constitui um mau exemplo para os demais jogadores. Tem freqüentes recaídas em seu problema de alcoolismo, falta sem aviso aos treinamentos, mas depois não aceita quando o DT o deixa no banco ou fora da equipe.

Se um técnico deixar passar este tipo de conduta, estará dando aos outros um claro recado: podem todos fazer o mesmo que não acontece nada. River é maior que qualquer um de seus homens. Ortega nem ninguém têm direito a tal indisciplina. Alguém precisa dizer ao Ortega que River já teve muita paciência com ele, e que sua falta de postura profissional não pode mais ser tolerada.

***

Muito diplomático e até simpático Abreu ao anunciar por rádio que vai embora para Israel, mas a verdade é que ninguém em Núñez vai sentir falta de seu futebol, algo praticamente inexistente. Vejam como é este jogo que nos apaixona: Ernesto Tecla Farias, muito melhor jogador e com media de gols bem superior à do uruguaio, não teve o enorme prazer de ser campeão com River. Abreu, por outro lado, com apenas 5 meses no clube já sentiu o gosto incomparável de dar a volta olímpica com a banda.

***

Por estes dias, depois das anunciadas reuniões do presidente Aguilar pelo assunto Ortega, Diego Simeone decidirá se fica em River. Se para tolerar mais uma vez os caprichos do indisciplinado Ariel Ortega, River deixa ir seu DT novíssimo campeão, será como jogar pela janela todo o esforço feito até aqui.

Graças a este 33ro. campeonato, River pode agora reformular com tranqüilidade o time, deixar os pernas-de-pau ir embora, e trazer os reforços de que precisa para ganhar a Copa Sulamericana e, por que não, o Apertura.

Buscar reforços não é tarefa fácil. Com a moeda européia tão valorizada - e com os clubes por lá tão bem organizados - mesmo jogadores medíocres se transferem ao velho continente para ganhar 3, 4, 5 vezes mais.

Quanto a Simeone, gostemos ou não de seu estilo, acaba de ser campeão com River, e isso deve ser respeitado.

Que na cabeça dos dirigentes o bom senso prevaleça.


Últimos videos

Comentarios


Agreganos a favoritos Cerrar
Agreganos a favoritos Cerrar